Música

domingo, 26 de março de 2017

Corga de Pena Calva...A imensidão que nos fascina.



A Corga de Pena Calva têm o seu início junto à Ponte do Sobroso e logo aqui ficamos na dúvida, com os Chamiçais no meio, Pena Calva pela esquerda e a Corga de Sobroso pela direita, qualquer uma delas é garantia de algo absolutamente mágico e fascinante, se para subirmos a Corga de Sobroso vamos seguir o Rio Cabril até ás belíssimas Cascatas do Sobroso, já na Corga de Pena Calva a subida é feita sempre junto ao Ribeiro de Couce... Mas do que falamos hoje é de Pena Calva, logo no início e pela envolvência que nos rodeia percebemos que algo de inesquecível irá acontecer, apesar de existir algum trilho pela margem esquerda resolvi fazer toda a subida pelo curso do ribeiro, de pedra em pedra e com alguns pontos mais exigentes lá fui lentamente subindo, a beleza do percurso melhora a cada passo que damos e quando chegamos ao emaranhado granítico das cascatas do Ribeiro de Couce percebemos de imediato que estamos perante um dos mais belos locais de toda a Serra do Gerês, na medida do possível tentamos visitar algumas cascatas e lagoas, outras mais acima são praticamente inacessíveis, por aqui vamos ficando porque daqui não queremos sair, após alguma resistência acabei por finalizar a subida até Couce e depois de passar pelo Lago Marinho fiz a descida novamente até à Ponte do Sobroso pela encosta sempre junto à Corga de Pena Calva.
Como o título sugere...Pena Calva é a imensidão que nos fascina.




                                                                     Início da Corga





                                                        Cascatas do Ribeiro de Couce












                                                                    Topo da Corga




2 comentários: