Música

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Penedo do Encanto...Um penedo com história.


Diz-se que foi no interior deste penedo que os mouros esconderam o seu ouro antes de partir em retirada, deixando-o protegido por um encantamento.
Só aquele que conseguir ler os enigmáticos sinais neles inscritos assistirá à abertura da pedra e alcançará as incomensuráveis riquezas nela guardadas, assim reza a lenda até hoje...
A mensagem que encerra a coreografia de círculos e linhas ainda hoje se mantêm por decifrar.
O tesouro, esse será o próprio penedo do encanto que guarda uma das mais importantes composições da arte pré-histórica.
O complexo de oito rochas com gravuras rupestres da Bouça do Colado foi estudado por António Martinho Batista nos anos 70 do século XX o que permitiu compreender que originalmente o penedo do encanto recebeu uma densa composição gráfica composta exclusivamente por motivos geométricos de contorno circular e linhas sinuosas que os ligam entre si.
O penedo do encanto é representativo de uma tradição pré-histórica, a Arte atlântica.
As origens da Arte Atlântica poderão ser encontradas no neolítico (IV milénio AC) e teve seguramente uma longa vigência temporal.
Nos dias de hoje as gravuras já são difíceis de observar devido ao desgaste temporal. 












Sem comentários:

Enviar um comentário